4 dicas certeiras para melhorar a conexão WiFi

wi-fi_-_iphoneNão há nada mais frustrante para quem acessa internet via WiFi do que conexões instáveis ou muito lentas. Muitas vezes, a responsabilidade por estas falhas é da operadora, que nem sempre entrega o serviço estabelecido em contrato.

A causa dos problemas, porém, pode estar mais próxima do que se imagina, no roteador mal configurado ou posicionado de forma inadequada. Um jeito de identificar a fonte do problema é conectar o computador ou notebook direto no cabo de rede e usar programas que medem a velocidade da internet, disponíveis em vários sites. Se a velocidade da rede cabeada e no Wi-Fi estiverem muito diferentes, há grandes chances de o problema estar em casa.

Para ajudar a solucioná-lo, o Estado conversou com especialistas para descobrir dicas de como melhorar a qualidade da conexão do Wi-Fi doméstico:

1. Coloque o roteador no centro da casa

A rede Wi-Fi usa ondas de rádio comuns para transmitir dados da internet. Essas ondas são irradiadas em todas as direções pelo roteador, então qualquer obstáculo no meio do caminho – uma parede ou um móvel, por exemplo – pode reduzir drasticamente a potência do sinal.

2. Escolha o canal menos congestionado

Em prédios com muitos apartamentos é possível que haja interferência entre as redes dos vizinhos. Isso porque a maioria dos equipamentos de Wi-Fi trabalham em canais de frequência na faixa de 2,4 GHz. Uma alternativa são os roteadores com tecnologia de 5 GHz que permitem que até 20 redes dividam o mesmo ambiente. Caso a residência tenha mais de um roteador, o ideal é que eles operem em canais diferentes.

3. Proteja a rede de dispositivos intrusos

A velocidade da internet também depende da quantidade de aparelhos conectados. Pode ser que a causa da perda de desempenho de conexão esteja relacionada a outras pessoas que estão se aproveitando da sua rede Wi-Fi, sem autorização. Para impedir, é importante manter o roteador sempre atualizado e reforçar as configurações de segurança.

4. Considere instalar outro aparelho

Se mesmo depois de seguir as sugestões acima não for possível acessar a internet nos cômodos mais distantes do roteador, uma opção é substituir o roteador por um mais potente ou comprar outro aparelho.

As informações são da Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios.