Após 10 anos, Sefaz-SP descontinua emissor gratuito de NF-e

2016-12-26_Fim do emissor gratuito SEFAZ-SP


A partir de janeiro de 2017, o emissor gratuito de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) será descontinuado pela SEFAZ-SP e as empresas precisarão se adaptar. Criado para massificar o processo de informatização e transmissão dos documentos fiscais em 2006, o emissor gratuito de NF-e tem sido substituído por soluções de mercado mais completas por grande parte das empresas e, com seu uso reduzido a 8% das notas emitidas, será descontinuado este ano.

Essa mudança oferece um maior risco de emissão falha, uma vez que não haverá atualizações automáticas que as notas recebem da legislação brasileira. Desse jeito, toda a cadeia de informação fiscal e administrativa da empresa será afetada.

Importante: No dia 21/12, a Sefaz-MA comunicou que o emissor será continuado e constantemente atualizado, mas apenas com as notas técnicas que forem emitidas pelo Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária Confaz). Junto à versão de testes, a Sefaz-MA avisa aos usuários que eles poderão opinar e sugere que busquem outras soluções. Saiba mais

Por isso, recomenda-se que as empresas utilizem soluções tecnológicas para não haver erros na hora de emitir a Nota Fiscal Eletrônica e, dessa forma, seja garantido que todas as atualizações lançadas não tenham que ser adicionadas manualmente às notas.

Por que não usar um simples emissor gratuito?

O fim do emissor gratuito da SEFAZ fez surgir diversas ferramentas gratuitas com funcionalidades similares.  Mas se a SEFAZ o descontinuou, pois a grande maioria das empresas já tinha identificado que podia otimizar seus processos com ferramentas mais completas, trocar o emissor gratuito da SEFAZ por outro simples emissor gratuito é ficar para trás e deixar passar a oportunidade de fazer deste pequeno problema, uma grande solução.

E qual é a solução que a Nasajon Sistemas oferece?

O software Estoque SQL. A solução permite a emissão da NF-e e é a oportunidade de melhorar toda a rotina da sua empresa, muito além desta funcionalidade. Confira abaixo como o Estoque organiza o seu processo de ponta a ponta:

  • Controle de entrada de notas através de um monitoramento automatizado da SEFAZ;

  • Uma vez programado, os itens da nota fiscal de entrada são automaticamente inseridos no estoque;

  • A nota fiscal de saída é automaticamente preenchida com os dados do estoque;

  • A saída de uma nota atualiza o controle de Estoque;

  • Além da emissão da nota, o sistema emite também o título para pagamento.

Entenda a diferença entre o Estoque SQL e outros emissores de NFe
 
 –
tabela-fim-do-emissor-gratuito-2

Clique aqui e saiba mais sobre o Estoque SQL ou peça uma demonstração grátis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *