Empresas apostam em software de gestão integrada em 2017

Software de gestão integrada

Pesquisa realizada anualmente pelo portal ERP sobre o Panorama do Mercado de ERP no Brasil, apontou um número significativo de empresas que terão como prioridade investir em tecnologia nos próximos 12 meses. Segundo o relatório, 26% das empresas farão a atualização da versão do ERP atual e 18% irão fazer a implantação de novos módulos. Ou seja, 44% das empresas participantes da pesquisa estão avaliando investir na melhoria do seu processo de gestão com o uso do ERP.

Reduzir perdas, ganhar tempo, melhorar a produtividade e gerenciar todas as informações são os pontos mais buscados pelas empresas que procuram por um ERP. Dependendo do tipo de negócio e do tamanho da companhia, torna-se essencial investir em uma plataforma que integre todas as operações e dê segurança para os dados.

“Às vezes a empresa vai adquirindo sistemas aos poucos. Primeiro um de controle do caixa, depois um para folha de pagamento e assim por diante. A simples redução do número de sistemas já permite que a empresa corte despesas com diferentes fornecedores. A eliminação do retrabalho também terá um impacto muito grande nos custos operacionais”, comenta o Diretor de Desenvolvimento da Nasajon Sistemas, José Formiga.

De acordo com o executivo, a companhia está pronta para receber clientes nos dois contextos citados na pesquisa. “A Nasajon mensalmente faz a atualização de todos os seus sistemas e oferece módulos que permitem integrar todos os processos das empresas. O nosso Integratto ERP atende perfeitamente às necessidades dos nossos clientes, por um preço competitivo e um atendimento de excelência. Estão todos satisfeitos com o resultado”, afirma o executivo.

Para criar o Integratto ERP, a Nasajon Sistemas unificou as suas melhores soluções e montou um software completo. Por ser uma empresa nacional, a Nasajon tem uma vantagem em relação aos principais competidores desse mercado: o fato de conseguir manter uma atualização rápida e contínua dos seus sistemas em relação à complexa legislação brasileira. “Com o Integratto ERP, é possível economizar entre 20% a 30% dos custos fixos mensais de uma empresa a partir de um investimento certo e uma instalação bem-sucedida”, ressalta José Formiga.

De acordo com o portal ERP, a pesquisa utilizou critérios mantidos pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e usados pelo BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento). De acordo com a pesquisa, foram catalogadas empresas dos mais variados segmentos: TI, indústrias, serviços e varejo, entre outros.

Fonte: Jornal Web Digital.