5 dicas para fortalecer a marca da sua empresa - Blog Nasajon

5 dicas para fortalecer a marca da sua empresa

5 dicas (1)

Quem é empreendedor sabe que criar uma marca não é nada fácil. É como se fosse um filho, que precisa de atenção, cuidado, carinho e amor para crescer de forma saudável. Para que a marca sobreviva a um cenário cheio de mudanças, ofertas e novidades, é necessário alguns cuidados. Sobre eles, a revista PEGN produziu uma matéria com a especialista em treinamento para equipes de vendas e atendimento, Surama Jurdi, que dá 5 conselhos de como fortalecer uma marca:

1 – Tenha uma história
Segundo Surama, é necessário ter um bom propósito por trás da marca. “Os colaboradores têm que comprar essa história. É dessa forma que eles se sentirão orgulhosos de fazer parte da marca e conseguirão passar a mensagem dela adiante com amor”, afirma.

2 – Unifique a comunicação
A especialista trabalha com quatro frentes: o cliente, o colaborador, o fornecedor e a comunidade. Para Surama, é necessário trabalhar com a mesma mensagem em todas elas. “Se a minha empresa existe para transformar a vida das pessoas, todas as áreas têm que estar integradas. É preciso ter uma boa conduta em todos os pilares, de forma a ter um serviço bem elaborado e uma empresa de valor”, diz.

3 – Crie uma experiência inesquecível
Os clientes têm que ser fãs e divulgadores da marca. Logo, todas as etapas da experiência têm que ser positivas para a clientela. De acordo com a especialista, a mensagem é a chave para essa etapa. “Tem que estar claro para o cliente qual é o expertise da marca, o que ela acrescentará na vida dele”, afirma Surama.

4 – Crie uma conexão emocional com as pessoas
“O cliente tem que associar as propagandas e produtos à marca”, afirma Surama. Além disso, a especialista sugere que as empresas entendam qual é o público com o qual está lidando. Isso envolve saber o tipo de decoração e a localização das lojas, por exemplo. “O cliente tem que se sentir atraído. Precisa rolar uma identificação”, diz.

5 – Foco na liderança
Surama sugere que os empreendedores prestem atenção na hora de contratar e treinar novos profissionais. “Tem que ter atitude e saber contratar. Não adianta pegar qualquer um e jogá-lo na empresa para depois cobrar resultados”, diz a especialista. “Você não pode colocar alguém despreparado para falar da sua empresa, que é a coisa mais importante da sua vida.”


Fonte: Pequenas Empresas & Grandes Negócios