Destaque seu diferencial e saia na frente - Gestão e Negócios por Claudio Nasajon - Blog Nasajon

Destaque seu diferencial e saia na frente – Gestão e Negócios por Claudio Nasajon

Para começar, eu quero desejar a você um 2019 cheio de celebrações.

Eu sei que estou atrasado, mas é de propósito. Eu preferi mandar a minha mensagem de Natal/fim-de-ano DEPOIS da virada pelo simples fato de que se mandasse antes, ela ia ficar perdida entre centenas de outras mensagens semelhantes e você provavelmente não a veria.

Há uns anos eu tentei implementar uma prática semelhante lá em casa para os presentes de Natal, mas não tive sucesso.

A ideia era adiar a entrega dos presentes por uma semana e, pra mim, fazia todo o sentido. Mas essas coisas têm que ser “combinadas com o outro lado”, como dizia o Garrincha e, comprovando a tese de que a Rainha tem mais poder do que o Rei, pelo menos lá onde eu moro, a ideia não pegou.

Sabe por que não pegou? Porque o “produto” não é tudo. O que conta é a experiência como um todo e o “produto” é apenas uma parte dessa experiência.

Uma troca de presentes num dia qualquer é apenas uma troca de presentes, mas o mesmo presente, recebido no dia 24 de dezembro, evoca um “ritual” que tem o espírito da família, aproxima amigos e transcende, em muito, o “produto” presenteado.

Isso tem a ver com a forma como muitos empresários e executivos avaliam as ferramentas de gestão em suas empresas.

Muitos acham que os sistemas “são todos iguais” e retiram da equação variáveis que deveriam considerar.

Eles pensam: “tanto faz a marca, já que todos têm que realizar os cálculos da mesma maneira”.

Só que não.

Há boas chances de que a sua empresa tenha concorrentes que vendem produtos ou serviços semelhantes aos seus e, embora você saiba que a sua qualidade é “diferente”, o cliente tem dificuldade em perceber isso, aí acaba usando o único parâmetro que consegue enxergar: o preço.

O desafio é tornar o seu diferencial “visível”.

No caso da Nasajon, por exemplo, a diferenciação nem é tanto no “produto”, mas nos serviços associados a ele.

Usamos equipes próprias, experientes, sujeitas ao nosso “controle de qualidade” – lembrando que estamos entre os melhores fornecedores do Brasil de acordo com a revista Gestão RH, e entre as melhores empresas para se trabalhar em TI no Brasil, de acordo com o Instituto Great Place To Work.

Aí eu pergunto: você consegue tornar visível o seu diferencial a ponto de os clientes enxergarem valor e estarem dispostos a pagar por isso?

Para isso, recomendo seguir três etapas: entenda quais são os diferenciais da sua empresa do ponto de vista dos clientes; identifique qual é o perfil dos clientes que valoriza esses diferenciais; e crie mecanismos para dar visibilidade ao seu diferencial junto a essas personas.

Viu como é simples?

Quer saber mais sobre o assunto? Então, clique aqui que te conto!

Inclusive, se você quiser, podemos falar sobre ERP AO VIVO, toda quarta-feira às 15h. Basta se inscrever no meu site: claudionasajon.com.br

Até a próxima.